11dez

Decoração mediterrânea: um guia para você aplicar o estilo na sua casa

Decoração mediterrânea: um guia para você aplicar o estilo na sua casa

Você definitivamente não precisa viver em uma região costeira para usar o sol e o mar como inspiração na hora de decorar sua casa! Com os elementos certos, é mais que possível criar um clima relaxante e confortável para curtir o ano inteiro, sem precisar estar de férias. Não parece um sonho?

Assim como o estilo navy, a grande aposta da decoração mediterrânea está nas cores e nas texturas que remetem ao litoral. Com móveis atemporais e materiais sofisticados, não é preciso mais nada além da luminosidade natural para conseguir compor ambientes elegantes. Você duvida?

Preparamos aqui um guia para ajudá-lo a aplicar o estilo mediterrâneo no seu lar. Acompanhe os próximos tópicos para conhecer as origens e inspirações dessa tendência, aproveitando nossas dicas para tirar as ideias do papel!

O que é e como foi criado o estilo mediterrâneo?

A decoração mediterrânea tem origem em países europeus banhados pelo Mar Mediterrâneo, como Espanha, Grécia, Itália e França. Desde a antiguidade, os gregos já projetavam suas casas com terraços que permitissem aproveitar a vida ao ar livre. E é justamente essa conexão dos ambientes internos com os externos que dá o tom do estilo.

Além disso, a tendência de decoração é fortemente influenciada por elementos da cultura árabe de países do norte da África, como Marrocos, Argélia e Tunísia, bem como do sudoeste da Ásia, como Turquia, Líbano e Síria. Assim, estampas e texturas vêm para complementar a base da decoração em branco e azul.

A mistura entre os 3 continentes se reflete na variedade de combinações possíveis dentro desse estilo de decoração. Você pode se inspirar no décor mediterrâneo tanto para trazer frescor quanto para aquecer seu lar, por exemplo. Essa versatilidade não é simplesmente fantástica?

O que caracteriza esse estilo de decoração?

Como dissemos, o estilo é bastante versátil, mas sempre trazendo elementos marcantes que remetem à região do Mar Mediterrâneo. Para conferir um clima litorâneo sofisticado ao seu lar, invista nos seguintes pontos:

  • iluminação natural: grandes janelas, cortinas leves e paredes claras refletem a luz e as cores de diferentes horários do dia;
  • praticidade: pensar em conforto é mais importante que seguir tendências;
  • móveis clássicos: a mobília tem design atemporal e é feita de materiais tradicionais;
  • tons terrosos e refrescantes: a inspiração vem das paisagens naturais costeiras;
  • ornamentação: ladrilhos, cerâmicas, tecidos estampados e madeira entalhada dão o toque final.

Como criar uma decoração mediterrânea em casa?

A inspiração mediterrânea resulta em uma decoração leve e aconchegante, sem deixar de lado a elegância. Gostou da ideia? Então siga as nossas dicas!

Escolha materiais refrescantes

Usar materiais frios, como cerâmicas e pedras, ajuda a refrescar os ambientes, especialmente aqueles que ficam expostos ao sol com frequência, como as varandas. Você pode aplicá-los no piso, nas paredes e até mesmo em tampos de mesa de diversos tamanhos.

Os ambientes ficam ainda mais arejados com portas e divisórias de ferro forjado, material que também pode ser combinado com o vidro. Se optar por tapetes, dê preferência aos de fibras naturais, a exemplo do algodão e do bambu.

Use revestimentos marcantes

Os revestimentos da decoração mediterrânea são marcantes e remetem a um passado colonial. É comum optar por ladrilhos hidráulicos em áreas secas e azulejos tradicionais em ambientes úmidos. As peças ainda podem ser combinadas com piso de madeira ou de pedras naturais.

Outra possibilidade de revestimento muito usada nesse estilo é o mosaico. Existem no mercado diversas opções de porcelanatos e azulejos com composições já prontas, ideais para áreas de grande circulação, como cozinhas e varandas. Já os mosaicos tradicionais, com pastilhas de vidro, são muito bem-vindos em objetos e espaços menores, como molduras e banheiros.

Priorize elementos naturais

Além dos revestimentos, a matéria-prima natural também deve ser usada na mobília. Por isso, a decoração mediterrânea harmoniza com móveis clássicos e acabamentos de madeira, couro, ferro e vime. Os elementos naturais ainda combinam muito bem com plantas em vasos de cerâmica em tons terrosos. Para dar mais personalidade, finalize a composição com tecidos estampados e coloridos em almofadas, tapetes e toalhas de mesa.

Mantenha a simplicidade

O estilo mediterrâneo não combina com informação em excesso. Para manter o visual leve, facilitar a circulação e deixar a luz natural entrar, tenha em mente o princípio da decoração simples: menos é mais! Nesse sentido, o ideal é optar por móveis funcionais e planejados exclusivamente para o ambiente de destino. Esse cuidado evita desproporções e layouts que não conversam com o décor.

Selecione cores da paleta mediterrânea

O sol e o mar são as grandes inspirações para a paleta de cores da decoração mediterrânea. Nesse estilo, azul, verde, turquesa, lavanda, terracota e areia são alguns dos tons favoritos para elementos de destaque. Já para as paredes, uma opção interessante é usar o branco, que reflete a luz natural e deixa o protagonismo para os móveis, tecidos e adornos. A pintura pode ser lisa, para um visual mais clean, ou texturizada, para um toque mais rústico.

Prefira as formas curvas

Esqueça as linhas retas do minimalismo e se inspire nas curvas das construções mediterrâneas — tenha em mente as cúpulas das casas em Santorini, na Grécia, e os arcos dos palácios marroquinos. Essas referências podem aparecer de forma mais sutil nos ambientes internos da sua casa, como em acabamentos em gesso, aberturas e até mesmo em objetos decorativos, como espelhos.

Integre os ambientes

Já que uma das inspirações da decoração mediterrânea é a praia, é importante tentar maximizar a amplitude dos espaços. Na medida do possível, traga a paisagem para dentro das áreas internas, incorporando varandas e terraços, por exemplo. Mesmo que o imóvel não conte com uma área externa, verifique se é possível derrubar algumas paredes e integrar ambientes, como no caso de uma cozinha americana. Eliminar barreiras visuais aumenta a sensação de espaço e facilita a entrada de luz.

Como você viu, a decoração mediterrânea pode ser facilmente adaptada para imóveis na cidade, trazendo toques de frescor típicos das regiões costeiras. Com móveis de qualidade e belos adornos, o resultado é um estilo de decoração que se mantém impecável ao longo dos anos. Animado para começar a transformação?

Que tal convidar seus amigos para conhecer melhor o estilo mediterrâneo? Compartilhe este conteúdo em suas redes sociais e ajude a inspirar outras pessoas!

Olá, tudo bem? Gostaria de informações sobre a Finger.