03abr

The Vessel

The Vessel

Um híbrido entre obra de arte, monumento, escadaria e edifício, o novo cartão-postal de Nova York, The Vessel é de tirar o fôlego. Com estrutura surpreendente de aço e cobre, a construção tem escadarias interligadas que levam o turista a 46 metros de altura. Do topo é possível observar a paisagem estonteante para o rio Hudson.

Texto: Kellyn Boniatti

the vessel new york

The vessel chama a atenção com seu formato de colmeia, envolvendo 154 lances de escadas. A construção de 46 metros de altura está localizada junto ao complexo Hudson Yards. Imagem: Divulgação

Uma obra de arte no horizonte nova-iorquino é o mais recente ponto de encontro de turistas que chegam ao distrito de Manhattan. Localizado junto ao Hudson Yards, maior empreendimento já realizado na cidade, com mais de 56 mil m² entre torres residenciais, escritórios, jardins, lojas e restaurantes, The Vessel é o novo cartão-postal da cidade, na região de Midtown West, e está encantando o público.

A cidade que nunca dorme também nunca para no tempo e Nova York vive em constante transformação. A construção – um híbrido entre obra de arte, monumento, escadaria e edifício – tem assinatura do designer britânico Thomas Heatherwick e se tornou a principal atração do Hudson Yards graças ao seu formato surpreendente, inspirado nas xilografias do artista holandês Maurits Cornelis Escher.

the vessel interno

No térreo do edifício, uma espécie de marco-zero proporciona uma vista espetacular ao olhar para o alto. Este ponto é um dos mais compartilhados nas redes sociais. Foto: Tim Schenck

A obra, que custou aproximadamente US$ 150 milhões, consiste em 154 lances de escadas, totalizando 2,5 mil degraus. Com toda a estrutura de aço e bronze conectada, o visual que se tem é de uma imensa colmeia de abelhas, equivalente a um prédio de 15 andares. No decorrer do caminho, o visitante pode recuperar o fôlego e desfrutar a paisagem em uma de suas 80 plataformas, antes de chegar ao topo, a nada menos do que 46 metros de altura. Embora não esteja nem perto dos arranha-céus norte-americanos, o que surpreende no Vessel é a conexão completa que ele oferece com o entorno.

O cartão-postal nova-iorquino impressiona com seu formato envolvente, além de proporcionar uma experiência única àqueles que se aventuram a subir seus 2,5 mil degraus. Foto Tim Schenck/Divulgação.

Outra opção é desfrutar o passeio a bordo do elevador panorâmico, pensado exclusivamente para os visitantes com dificuldades de locomoção. Faça chuva ou faça sol, o cenário é encantador e digno das melhores fotos. À sua frente estará o Hudson River, a ser admirado de variados ângulos, com o vento soprando no rosto e a impagável sensação de liberdade, tão desejada nos dias atuais.

Foto: Timothy Schenck

Além das fronteiras

Uma curiosidade (entre tantas) sobre o edifício é que toda sua estrutura foi construída em Monfalcone, Itália, e transportada de barco até Nova York em uma viagem que durou aproximadamente duas semanas. No térreo do empreendimento, o turista também pode desfrutar uma vista incrível ao se posicionar exatamente no centro da construção e olhar para o alto. Instagramável, o marco-zero do Vessel também rende excelentes registros, que ganham as redes sociais de usuários espalhados por todo o mundo. Embora a entrada seja gratuita, é preciso realizar o agendamento online da visita.

Agora que você já sabe tudo sobre o The Vessel, que tal conhecer a nossa revista, a Finger Magazin, com mais dicas de decoração e arquitetura? Aproveite!

Olá, tudo bem? Gostaria de informações sobre a Finger.