08jul

Decoração de Sala de TV: 6 dicas para ter um ambiente perfeito!

Decoração de Sala de TV: 6 dicas para ter um ambiente perfeito!

Toda família gosta de ter um cantinho exclusivo para assistir seus filmes, séries, novelas e programas favoritos. Esse local também atrai a criançada nos momentos de lazer que envolvam jogos ou descontração com música. É importante que os moradores tenham variedade de atrativos e um espaço adequado para curtir bons momentos. Para atender a esse objetivo, nada melhor que pensar com carinho na decoração de sala de TV.

Em muitas residências, esse cômodo representa o principal ponto de encontro de pessoas. Por ser um refúgio dedicado ao descanso e à diversão, deve apresentar um estilo decorativo coerente com diversas atividades e incluir elementos que tornem o ambiente acolhedor. Bastante coisa para pensar, não é mesmo? Se você tem dúvidas sobre como começar, fique conosco e siga o passo a passo!

1. Tirar as medidas da sala

Conhecer as medidas do cômodo é fundamental para determinar a posição correta de novos elementos. Mesmo que você pretenda utilizar apenas o que já tem para atualizar a aparência da sala, precisa medir a área para encontrar o arranjo mais funcional.

Considere, nesse momento, as dimensões das paredes, a localização das aberturas (portas ou janelas) e os pontos que têm tomadas e interruptores. O objetivo é encaixar todos os móveis e acessórios em uma disposição que permita otimizar espaço sem comprometer a circulação.

Procure organizar os elementos de modo a manter corredores de passagem confortáveis. Para isso, a distância entre peças deve ser de, pelo menos, 60 cm. Tal cuidado evita esbarrões durante o uso da sala, garantindo que todas as pessoas tenham uma excelente experiência no local.

2. Definir a posição da TV

Um detalhe importante no planejamento de um espaço com TV é a localização do aparelho. Isso porque as pessoas estão investindo em modelos cada vez maiores, que exigem do espectador um grande afastamento para possibilitar uma visão confortável.

Se essa distância entre a televisão e os assentos das pessoas não for respeitada, as chances de a vista ficar cansada são altas. Em alguns casos, ficar muito perto do aparelho pode causar tonturas e até mal-estar. Você não quer ter esses problemas na hora de receber amigos em casa, certo?

Para evitar erros, considere as seguintes orientações:

  • TVs com 32 a 40 polegadas — manter uma distância de 1,2 a 1,5 metros;
  • TVs com 48 a 55 polegadas — manter uma distância de 2 a 2,5 metros;
  • TVs com 55 a 65 polegadas — manter uma distância de 2,5 a 3 metros;
  • TVs com mais de 65 polegadas — manter uma distância mínima de 3 metros.

Você pode apoiar o aparelho sobre um aparador, rack ou mesinha. Também dá para instalá-lo em um painel móvel (fabricado em madeira, por exemplo) ou em uma parede revestida com materiais decorativos. Nesse caso, uma composição de fundo com pedras ou porcelanato fica incrível.

3. Escolher bons assentos

A decoração de sala de TV deve ser pensada de modo a abrigar todos os moradores para uma sessão de cinema em casa. Para isso, coloque assentos em quantidade suficiente. O mobiliário ideal desse cômodo costuma ser representado pelos sofás e poltronas, mas você pode distribuir pufes ou cadeiras com apoios para os braços.

Sempre é bom prever peças extras para complementar os lugares ao receber visitas. Nesses casos, como as atividades costumam ser mais rápidas e dinâmicas, em forma de conversas descontraídas, a dica é apostar em banquinhos dobráveis — são leves e fáceis de guardar/pegar de acordo com a necessidade.

Outros tipos de móveis são bem-vindos, a exemplo da mesinha de centro. Se o espaço entre os assentos e a TV for pequeno e não permitir a colocação dessa peça, você pode substituí-la por um aparador atrás do sofá ou por um carrinho de chá. Ambos trazem praticidade porque permitem apoiar quitutes, bebidas e até pertences.

4. Planejar a iluminação

A luz  tem papel importante na hora de transmitir sensações específicas aos ambientes. Na sala de TV,  o objetivo é relaxar e curtir o que passa na TV, a dica é investir em lâmpadas com tons amarelados — preferencialmente os modelos com tecnologia LED, que não aquecem e gastam menos energia.

O tom quente (amarelo) é perfeito porque proporciona um clima intimista e uma atmosfera acolhedora, deixando tudo mais agradável. Para que o efeito fique ainda melhor, é importante distribuir os pontos de luz no ambiente. Vale incluir luminárias que direcionem os feixes para as paredes e objetos decorativos, como fazem os spots e as arandelas.

Apenas tome o cuidado de não direcionar as luzes sobre revestimentos e superfícies brilhantes, pois podem causar reflexos e desconforto visual. Se preferir, esconda mangueiras ou fitas de LED em sancas no teto. Esses recursos clareiam de forma homogênea e com pouca intensidade, sendo ideais para a decoração de sala de TV.

5. Adicionar as cores certas

A paleta deve estar adequada ao uso do local. Portanto, mesmo que você tenha preferência por determinadas tonalidades, deve pensar nos efeitos que cada nuance é capaz de gerar no ambiente. Em geral, para salas de TV, o recomendado é usar variações de cores quentes (coral, amarelo, bege) para obter conforto e aconchego.

Por outro lado, se o cômodo estiver integrado a outro recinto, como uma cozinha americana, o ideal é aplicar tons parecidos em ambos ambientes. Nesse exemplo, para conseguir amplitude e continuidade visual, você pode pintar as paredes da sala e da cozinha de branco — o que diferenciará as áreas será a cor da iluminação.

6. Incluir tecidos e adornos

Preencher alguns vazios com texturas não só deixa o espaço mais aconchegante, como também agrega um toque de personalidade à sala de TV. Portanto, capriche na escolha da cortina, do tapete e das mantas para sofá. Pense que enquanto as cobertas de plush aquecem as pessoas no inverno, as almofadas de cetim garantem um toque geladinho no verão.

Reflita sobre as características de cada tecido e adapte as peças da sala a cada estação. Para finalizar, não se esqueça dos adornos: molduras com frases, vasos com plantas, bandejas e esculturas sempre caem bem. Itens menores devem ser dispostos sobre nichos e prateleiras, enquanto grandes arranjos podem sem mantidos no chão — um conjunto de quadros, uma dupla de floreiras, uma luminária de piso etc.

Com algumas adaptações e um bom planejamento, é possível transformar o cantinho mais popular da casa em um lugar perfeito para toda a família. Se o seu objetivo é deixar a decoração de sala de TV ainda melhor, procure a ajuda de um profissional capacitado a realizar reformas de interiores.

Gostou das dicas? Que tal fazer com que cheguem a outras pessoas? Compartilhe o post em suas redes sociais!

Powered by Rock Convert