04maio

Iluminação: a alma do ambiente

Iluminação: a alma do ambiente

Já parou para pensar no quanto a iluminação faz diferença para mudar o espírito da sua casa? A luminosidade é capaz de transformar a vida de qualquer lugar. Ela instiga sensações nas pessoas como tranquilidade, clareza e conforto, influenciando ainda no comportamento. É capaz de transformar objetos, móveis e acessórios por meio das cores e dá um toque especial para tudo ficar perfeito.

Mesmo a iluminação artificial sendo estática, é ela quem promove esse efeito decorativo e ajuda também no bem-estar. Neste artigo, vamos dar dicas de decoração para você saber trabalhar a luz em todos os cômodos da sua casa, obter melhor funcionalidade dos espaços e objetos.

Se você quer mudar a iluminação e o astral da sua casa, continue lendo e aplique nossas dicas já!

Como investir em uma boa iluminação?

Para montar um projeto de iluminação, é imprescindível definir a finalidade e funcionalidade de cada cômodo para que o planejamento seja realizado com eficiência e qualidade. Com as múltiplas possibilidades de temperatura e intensidade de luz, é fundamental a orientação de um profissional da área, alguém que tenha o domínio técnico nesse nicho específico.

O seu ambiente deve servir para descansar, concentrar ou estimular? Com isso em mente, é possível discutir um projeto com um profissional, detalhar os principais cômodos da casa (hall de entrada, quarto, banheiro, cozinha, sala de estar) e transformar um investimento em resultados e bem-estar. Vale lembrar ainda que é essencial levar em consideração também a entrada de luz natural por janelas ou portas.

Qual a luz ideal para cada ambiente da sua casa?

Veja agora algumas dicas práticas para iluminar seu espaço, coordenar o projeto de luz com o seu estilo de decoração e obter o máximo da funcionalidade de cada cômodo.

Hall de entrada

Por ser o espaço que recebe os convidados e moradores da sua casa, o ideal é que a luz desse cômodo seja plena, mas que transmita aconchego e confiança. Ou seja, nem muito baixa a ponto que as pessoas tenham dificuldade de se reconhecer, nem muito alta para não incomodar ou impactar quem está chegando.

Quarto

O quarto exige um projeto de luz mais elaborado, pois pode atender diversas funções. A luz de um quarto que se presta a dormitório e vestiário, por exemplo, deve ser uma durante o dia e outra mais aconchegante à noite. Esse efeito pode ser conseguido com o uso de arandelas, abajures, que ajudem para a leitura, ou então, luminárias de parede ou piso.

Lembrando sempre que é importante que haja uma iluminação indireta para a hora da leitura e que proporcione o relaxamento e encaminhe para o sono.

Sala de estar

O ambiente que socializa todos os moradores da casa e recebe os visitantes deve ser iluminado de acordo com a decoração do espaço, mas proporcionar uma boa visualização das pessoas e objetos.

Uma decoração com inspiração nórdica vai primar por um ambiente muito claro, com muita luz natural durante o dia e luz aconchegante à noite. Já um estilo industrial ou moderno, vai usar de spots ou arandelas que deem destaques a objetos de artes, paredes geométricas ou outro detalhe que valha a pena ressaltar.

E lembre-se: evite o desconforto das suas visitas colocando pontos de luz muito fortes no sofá ou direcionado para o rosto das pessoas.

Sala de jantar

Se a sala de estar pede uma iluminação múltipla e descontraída, de acordo com a decoração, a luz da sala de jantar deve ser direcionada e destacar a mesa ou os alimentos que estão sobre ela. Vale usar e abusar de pendentes estilosos, plafons ou lustres que mostrem que aquele é um espaço nobre e merece destaque. O modelo de cada uma dessas peças de iluminação, é claro, pode seguir o estilo da sua decoração, sem brigar ou destoar de nada.

Cozinha

Espaço que precisa de ótima iluminação e pontos de luz específicos para destacar armários, bancadas ou detalhes nas paredes. A prioridade aqui é um local muito bem iluminado, que propicie claridade e eficácia para as atividades realizadas no espaço.

O charme extra fica no uso da luz decorativa com spots que destaquem armários, pendentes em bancadas em cozinhas americanas e outros tipos de luz embutidas que possam valorizar o local.

Banheiro

De modo geral, a iluminação de um banheiro deve ser plena e direta para as suas funções. Mas dependendo dos detalhes do espaço, pode ganhar charme extra. É possível investir em luzes embutidas no entorno do espelho para destacá-lo.

Colocar uma luz mais baixa no local onde esteja instalada uma banheira ou investir em dimers para que a luz possa ser regulada de acordo com o clima que se queira dar ao local.

Lavabos

Já no caso de lavabos, o projeto de iluminação deve ser prático e direto proporcionando boa visibilidade e se aliando ao estilo de decoração da casa.

Qual a importância da iluminação nos ambientes?

Saber iluminar bem os ambientes significa melhorar suas funcionalidades, destacar objetos e dar mais charme ao local transformando suas cores, densidades e o bem-estar da casa através da luz.

Assim, se torna fundamental ter um projeto de iluminação bem elaborado, que leve esses itens em consideração, o estilo decorativo da casa e que dê destaque aos móveis e ambientes, tornando ambos harmoniosos.

Como vimos, a iluminação é um fator fundamental na hora de decorar, melhorar a harmonia da casa e trazer mais bem-estar para os moradores do local.

Com o uso de um projeto de luz bem elaborado, direcionado para cada cômodo e usando vários tipos de iluminação, é possível ampliar espaços, trazer mais conforto e projetar móveis e objetos. O que você está esperando para levar mais luz para a sua casa?

Agora que você já sabe tudo sobre projetos de iluminação, que tal compartilhar esse conteúdo nas suas redes sociais?

 

Atualizado em 09/11/2020 às 11h53min.

Olá, tudo bem? Gostaria de informações sobre a Finger.