08abr

6 tipos de iluminação para considerar na hora de fazer seu projeto

6 tipos de iluminação para considerar na hora de fazer seu projeto

Na hora de fazer um projeto de decoração, a maioria das pessoas se preocupa com o planejamento dos móveis, organização dos espaços, cores e tendências. A iluminação acaba sendo relegada a segundo plano.

No entanto, um projeto luminotécnico bem executado é responsável por ressaltar a decoração, ampliar espaços e dar a sensação de aconchego e bem-estar aos moradores daquele ambiente.

Pensando nisso, elaboramos este artigo para explicar a importância da iluminação e os diferentes tipos existentes. Continue com a leitura e aprenda a aplicá-los de acordo com seu estilo e suas necessidades!

Entenda a importância da iluminação para a decoração

“Projeto luminotécnico” é uma expressão pouco usual, mas que pode mudar a concepção do seu espaço. Trata-se de uma análise da iluminação artificial dos ambientes para trazer mais funcionalidade, beleza, bem-estar e até economia de energia.

Aliás, um projeto de iluminação bem executado vai primar pela menor quantidade de lâmpadas e optar por soluções sustentáveis, que não desperdicem energia, mas nem por isso abram mão do conforto.

Ele vai ser desenvolvido de acordo com a funcionalidade do ambiente, das ações executadas nele, da presença e tamanho dos móveis e das necessidades e estilos de quem vive ali.

Nesse sentido, é fundamental elaborar o projeto no início da sua obra de construção ou reforma, para que um profissional da área possa orientar sobre pontos de luz para realçar móveis e objetos, indicar os tipos de luminárias que forneçam o efeito certo, cor e conforto. Planejar tudo isso premeditadamente evita o “quebra-quebra” posterior.

Conheça 6 tipos de iluminação para usar em casa

A ideia é que você conte com um profissional para orientar e fazer um projeto luminotécnico personalizado, de acordo com suas necessidades. Um quarto pede aconchego, sobriedade. Já a cozinha requer uma luz adequada a uma proposta mais funcional.

A seguir, vamos abordar 6 tipos de iluminação comumente usados e explicar como eles podem ser aplicados de acordo com seu estilo e espaço.

1. Iluminação direta

No modelo de iluminação direta, como o nome já diz, a luz é direcionada diretamente sobre algum ponto específico. Ele é ideal para quem precisa de focos de luz em cima de algum objeto, seja em sala de estudos, escritório ou consultórios médicos. Você também pode encontrar a iluminação direta em bibliotecas, com luz para leitura, e banheiro ou quarto em que se faça maquiagem, por exemplo.

Em geral, esse modelo é planejado com spots, abajures, luminárias e pendentes — itens que permitem o direcionamento da luz —, e com lâmpadas de LED — que não esquentam e não alteram a cor dos objetos que requerem nossa atenção.

2. Iluminação indireta

Aqui, a luz não é o principal foco deste tipo de iluminação, mas ajuda a ressaltar peças e objetos do espaço. Ela pode ser colocada em detalhes no chão, em forros de gesso, sancas, forros do ambiente com spots direcionados ou arandelas. Para usar esse tipo de iluminação, o ideal é que a superfície de reflexão seja clara, para que possa se distribuir mais intimamente pelo ambiente.

3. Iluminação difusa

Um projeto que conte com a iluminação difusa tem a proposta de iluminar todo o ambiente de forma suave, sem gerar contrastes ou sombras sobre os objetos ou móveis. Esse efeito é conseguido graças a uma espécie de filtro que é colocado sobre a lâmpada — pode ser um vidro, uma peça de acrílico ou com aspecto leitoso — e garante que a luz ofereça a sensação de conforto, sem agredir a vista. É bastante utilizada em salas, quartos e banheiros.

4. Iluminação linear

Trata-se de um sistema moderno, em que a iluminação é feita por meio de linhas contínuas de luz. Apesar desse efeito, a luz não agride os olhos, é aconchegante e, quando bem distribuída no espaço, resulta em uma estética bastante interessante. O modelo é bastante usado também para ambientes funcionais.

5. Iluminação de orientação

Iluminação de orientação é aquela que é colocada em um espaço para orientar pessoas durante a sua transição pelo lugar. Ela é leve, mas constante, para cumprir sua tarefa. Em geral, aparece em corredores, escadas, próximo a corrimões, jardins e piscinas. Vale destacar que, para garantir a devida segurança, as lâmpadas devem ficar completamente embutidas.

6. Iluminação de destaque

Esse tipo de iluminação ajuda a destacar pontos específicos do ambiente ou da decoração. É uma luz mais concentrada, que ajuda a iluminar fachadas, áreas de paisagismo ou aquele quadro lindo que você tem na sua sala. É preciso ter muito cuidado para, no caso de iluminar objetos de arte, não estragá-los.

Veja outras dicas de iluminação

Agora, vamos dar algumas dicas para que você não cometa erros e tenha mais sucesso na hora de iluminar seus espaços:

  • evite colocar spots sobre sofás e poltronas, para que a luz não fique sobre a cabeça das pessoas, o que costuma gerar incômodo;
  • chame a atenção para mesas de centro e aparadores com iluminação de destaque;
  • crie possibilidades de luz na sua casa, para que você consiga iluminar o ambiente adequadamente em uma festa ou jantar a dois;
  • valorize revestimentos de paredes especiais com luz direcionada;
  • ilumine obras de arte por meio de peças e lâmpadas adequadas para esse fim;
  • use fitas de LED para destacar nichos, prateleiras em uma cozinha ou detalhes de um quartinho de bebê. Elas ajudam a criar um efeito de iluminação indireta e são muito versáteis.

Como vimos, os tipos de iluminação oferecem inúmeras possibilidades para você iluminar sua casa adequadamente, levando conforto, dando funcionalidade e ressaltando a sua decoração.

O projeto para aplicação da luz deve ser orientado por um profissional, mas, lendo este texto e observando o seu espaço, você consegue ter uma ideia do que poderá fazer e o que destacar na sua casa. Agora, só falta colocar a mão na massa!

O que achou do post de hoje? Gostou das nossas dicas de iluminação? Então, aproveite para assinar gratuitamente a nossa newsletter! Assim, você receberá conteúdos exclusivos no seu e-mail e ficará por dentro de mais novidades!

Olá, tudo bem? Gostaria de informações sobre a Finger.