30out

Conheça tudo sobre a tendência de móveis ergonômicos dentro de casa

Conheça tudo sobre a tendência de móveis ergonômicos dentro de casa

Quando pensamos em móveis ergonômicos, logo nos lembramos daquela cadeira de escritório da empresa ou da altura da escrivaninha que você usa. Tudo isso é importante para gerar o máximo de conforto e bem-estar onde você trabalha, evitando problemas de saúde. Contudo, não é só fora de casa que a ergonomia é fundamental.

Devido à mudança na estrutura do trabalho — com mais postos em regime home office — e uma maior consideração em relação à saúde, a preocupação com a ergonomia tem criado uma tendência de usar esses móveis dentro de casa.

No artigo a seguir, veja como ela ocorre e conheça os principais móveis ergonômicos que você pode ter no seu lar. Além disso, veja como a Finger traz essa tendência para 2021. Boa leitura!

Os móveis ergonômicos — uma tendência que faz bem

A ergonomia basicamente é usar a tecnologia e o design, além de outros métodos, para tornar as condições de trabalho mais confortáveis física e mentalmente e garantir a eficiência. Inclusive, existem normas de como os ambientes de trabalho devem ser em uma empresa. Isso vai desde o tipo de luz até o tipo de cadeira que se usa.

No entanto, as mudanças estão ocorrendo. Com um aumento de postos em regime home office e profissionais autônomos — inclusive antes da pandemia —, a tendência da ergonomia já se aproximava das casas das pessoas. Agora, ela se torna cada dia mais importante.

Aliás, trabalhando em casa por uma empresa ou por conta própria, essa preocupação com um posto de trabalho saudável cabe a você. Veja, a seguir, alguns dos principais móveis ergonômicos que você pode ter em casa.

Os principais móveis ergonômicos para a sua casa

Os móveis que separamos servem para o seu ambiente de trabalho. Contudo, nada impede que sejam usados no dia a dia de outras pessoas. Por exemplo, você pode aplicar esse conceito desde a mesa de estudos das crianças até a sua própria cozinha.

Mesas

Existem vários tipos de mesa. Um exemplo que faz sucesso entre os móveis ergonômicos é a mesa grande, que atende a muitas pessoas ao mesmo tempo e proporciona bastante espaço. Feita de madeira, vidro, metal ou outros materiais, com ela, é possível trabalhar em equipe e compartilhar experiências.

Em casa, essa peça é ideal para você criar um espaço de coworking. Ou seja, em uma sala ou em um escritório fechado, você pode usar essa peça para todos. Os adultos podem trabalhar, as crianças podem fazer lições juntas e ela até pode ser usada em projetos de família, como o planejamento de uma viagem.

No entanto, se a ideia é cada um ter o seu espaço, é ideal investir em mesas ergonômicas onde há necessidade, por exemplo, no quarto das crianças para estudar ou na sala de jantar para refeições.

Cadeiras

As cadeiras são as peças mais populares em termos de móveis ergonômicos. Geralmente, essas peças devem oferecer opções, como:

  • encosto e assento ajustáveis;
  • apoio para braços;
  • rodízios nos pés.

Dessa forma, qualquer pessoa pode adequar a cadeira ao seu corpo e garantir uma boa postura, evitando, assim, dores e problemas na coluna.

Em casa, é ideal ter a cadeira ergonômica em seu escritório, especialmente se você trabalha no modelo home office e passa horas na mesma posição sentada. Além disso, elas são ótimas para as escrivaninhas das crianças, pois as deixam sentadas corretamente e com mais disposição para os estudos.

Armários

Pode parecer difícil escolher armários como móveis ergonômicos para a casa, mas é possível. Nos ambientes particulares, como quartos, vale adaptar os armários à pessoa. Ou seja, para crianças, é importante que tudo esteja ao seu alcance para que possam acessar as suas coisas, especialmente brinquedos, e desenvolver habilidades motoras e independência.

Já nos quartos dos idosos ou de pessoas com alguma limitação motora, é importante deixar tudo mais baixo e acessível, evitando acidentes e lesões. Outra dica, aplicável para todos, é deixar os armários com espaço suficiente para abertura de portas e circulação de pessoas. Dessa forma, também é possível prevenir acidentes.

cozinha ergonômica

Rack e painel

Na sala, além da disposição correta de sofás e poltronas, temos o rack. Se você usa essa peça para colocar a televisão, é importante centralizá-la de frente para as pessoas que vão assistir. Dessa forma, elas não precisam ficar “tortas”. Já se você usa um painel de TV, vale o mesmo cuidado.

Nele, a TV não pode ficar alta a ponto de você precisar esticar o pescoço e nem baixa demais a ponto de você ficar com a cabeça inclinada. O ideal é que fique tudo à altura dos olhos.

Bancos

Para quem tem ilhas ou bancadas na cozinha, a opção de bancos é geralmente usada e garante um visual lindo. Porém, também é preciso ter cuidado. Quando elas não são ergonômicas, podem ser muito altas ou muito baixas. Ou seja, para se sentar e fazer uma refeição, é preciso se esticar ou ficar curvado para o prato, o que pode causar dores.

Dessa forma, é importante escolher modelos que sejam adequados à família. Além disso, é fundamental que esses bancos não tenham apenas o assento, mas um bom encosto que proporcione apoio às costas.

Os lançamentos Finger — beleza e ergonomia para 2021

Para quem busca móveis ergonômicos, é importante destacar que é possível trazer o conceito em vários estilos de móveis. Aliás, nos lançamentos Finger para 2021, tanto o estilo e a qualidade quanto a ergonomia são prioridades nos projetos.

Na cozinha, por exemplo, é importante pensar na ergonomia em relação a todos os espaços. Para começar, é preciso deixar uma boa área de circulação entre eletrodomésticos e móveis. Assim, não há risco de alguém se machucar e o fluxo de trabalho fica mais fácil.

Já na questão dos armários, aéreos, pias e bancadas, é imprescindível que sejam posicionados de forma confortável para quem usa. Isso porque, caso estejam muito altos ou muito baixos, será necessário que a pessoa se estique ou se curve para fazer suas atividades. Dessa forma, não só sua saúde pode ser prejudicada, como o próprio trabalho, por falta de praticidade.

Além disso, se é necessário subir em banquinhos ou escadas para alcançar utensílios na cozinha, o risco de um acidente é grave. Com um ambiente planejado e ergonômico, tudo fica na altura adequada para quem usa o ambiente, o que garante a sua segurança.

Por essas razões, é que a coleção 2021, da Finger, traz para você os melhores móveis ergonômicos. Assim, além de planejados para as suas necessidades e para um maior conforto, asseguram também o seu bem-estar.

Os móveis ergonômicos vêm fazendo parte do lar das pessoas cada vez mais. Eles garantem segurança e conforto no dia a dia de todos, evitando problemas de saúde e proporcionando bem-estar, como dito. Por isso, é importante contar com as mobílias certas e, nesse sentido, as planejadas são as melhores. Isso porque são personalizadas para as suas necessidades, garantindo ambientes perfeitos em sua casa.

Quer trazer conforto, ergonomia e exclusividade para o seu lar? Entre em contato!

Olá, tudo bem? Gostaria de informações sobre a Finger.