03nov

Saiba como montar adega de vinhos em sua casa

Saiba como montar adega de vinhos em sua casa

Já pensou em ter um lugar exclusivo para armazenar as bebidas que você mais gosta? Seja para relaxar após um dia de trabalho, seja para receber as visitas de um jeito todo especial, a dica é aprender como montar adega de vinhos em casa.

Os preparos a base de uva, feitos com fermentação alcoólica total ou parcial, podem ser ótimos aliados da boa saúde. O segredo está na ingestão moderada e esporádica, geralmente para celebrar momentos importantes ou curtir a companhia de pessoas queridas.

adega de vinhos

Projeto Anderson Scriboni – Execução: Edy Planejados

Se você tem interesse em investir nesse tipo de projeto, saiba que existem várias formas de tirá-lo do papel. Falaremos mais sobre o assunto para tirar suas principais dúvidas. Continue a leitura!

Quais são os tipos de adega?

Antes de começar, precisamos reforçar que existem vários modelos de adega. Cabe a você avaliar as características e as vantagens de cada opção, a fim de encontrar a melhor para suas necessidades. Veja um resumo com os principais tipos abaixo.

adega de vinhos

Arquiteto: Maicon Amorin – Designer de Interiores: Andrea Fonseca – Fotos: Filippe Araújo em Aracaju SE

Adega passiva

Ela leva esse nome por não envolver nenhum recurso de climatização. Ou seja, funciona como os tradicionais cantos de bar em casa, feitos com armários e divisórias que abrigam diferentes garrafas. Nesse caso, por não haver um sistema de refrigeração, a temperatura tende a ser controlada por outros fatores.

Adega com madeira maciça

Arquiteta: Maria Otília Müller Klein – Projetista: Juliana Taborda Grenoble Santa Maria – Foto: Marcelo Kuczura

Ambiente escuro, localização no subsolo e uso de estruturas com grande espessura estão entre os artifícios adotados para manter o clima no nível adequado para a conservação dos vinhos.

Termoelétrica

É uma alternativa indicada para quem deseja aprender como montar adega de vinhos, já que depende de eletricidade para ajustar a temperatura interna. Trata-se de um equipamento composto por uma placa de cerâmica que tem a função de absorver o calor da parte de dentro e transferi-lo para fora.

As termoelétricas são comercializadas em diferentes tamanhos, por isso, é fácil adequar o produto à capacidade desejada. Uma de suas vantagens em relação a outras adegas climatizadas é o baixo nível de ruído e de vibrações durante o funcionamento.

bar em casa

Projeto: Arquiteta Daiana Ortolan – Foto: Vivianne Rubin

Com compressor

Essa opção também depende da eletricidade para controlar a temperatura interna, sendo a mais moderna das climatizadas. Ainda que tenha visual parecido com a termoelétrica, a adega com compressor tem um sistema semelhante ao da geladeira. Assim, em vez de retirar o calor de dentro, ela injeta ar frio por todo o compartimento.

Quem faz esse trabalho de resfriar o ar interno é o compressor, que consegue manter a temperatura constante. Também é um modelo disponível em vários tamanhos, mas faz mais barulho que a termoelétrica e pode gerar um maior consumo de energia.

Adega de vinhos

Edy Planejados

Como montar adega de vinhos?

Agora que conhece os principais tipos de adega, será mais fácil partir para as próximas etapas: desenvolver e executar o projeto. A orientação de um profissional é importante para chegar ao resultado desejado sem nenhum problema, por isso, não deixe de conversar com um especialista.

decoração para amantes de vinho

Confira os principais passos dessa mudança.

Escolher o local de instalação

Uma estrutura de adega pode ser colocada em qualquer lugar da residência, desde que não fique em contato com o sol. Lembre-se de que o excesso de luz e de calor aceleram o processo de degradação das bebidas, sem contar que afetam o funcionamento dos sistemas de refrigeração.

adega planejada de vinhos

Projeto e execução: Finger Móveis Chapecó

O local perfeito é aquele próximo das áreas sociais da casa, onde as pessoas costumam se reunir para confraternizar. Dependendo do estilo e da rotina dos moradores, esse espaço pode ser tanto uma varanda gourmet quanto a sala de estar. Você também pode aproveitar algum canto da sua cozinha, por exemplo.

Definir o tamanho da adega

A área disponível vai determinar quantos rótulos você poderá manter em sua casa. O nível de personalização é maior quando o objetivo é aprender como montar adega de vinhos passiva. Afinal, esse modelo consiste em uma estrutura mobiliada que pode ser encomendada de acordo com sua vontade.

area gourmet de luxo

Projeto: Arquiteto Alan Gaia – Execução: Finger Maceió – Fotos: Sarah Medeiros

No caso das adegas climatizadas, por exemplo, avalie os tamanhos para descobrir se podem ser colocados no espaço que você reservou. É possível apostar em versões compactas, com capacidade de 4 a 12 rótulos, até modelos que armazenam em torno de 200 garrafas.

Em todo caso, tenha o cuidado de prever instalações que mantenham os rótulos sempre no sentido vertical. Essa posição evita que as rolhas ressequem e encolham, o que traria o risco de a bebida entrar em contato com o oxigênio e se deteriorar antes do tempo.

Integrar o equipamento à decoração

Todos os tipos de adegas funcionam bem com um projeto sob medida. Os móveis planejados podem ser usados como base para uma instalação passiva ou como complemento dos modelos climatizados. O objetivo, em ambos os casos, é equilibrar muito bem a estética e a funcionalidade.

Área Gourmet

Projeto: Márcia Lima Interiores – Execução: Finger Passo Fundo – Fotos: Otávio Assis

É importante que a adega esteja integrada ao ambiente, e isso pode ser garantido com a escolha certeira dos acabamentos. Felizmente, os modelos climatizados são fabricados com diferentes materiais e podem apresentar cores variadas. Ou seja, você encontrar desde versões em aço escovado até opções com pintura vibrante.

Essa variedade facilita a harmonização da adega com o estilo presente no cômodo. Em uma cozinha rústica, por exemplo, uma estrutura com acabamento amadeirado funciona muito bem. Já uma sala retrô pode ficar melhor com um eletrodoméstico colorido, em tom de amarelo ou vermelho.

Por que usar móveis planejados?

O projeto sob medida é o caminho mais seguro para quem não sabe como montar adega de vinhos. Isso porque os móveis planejados servem tanto de base para uma estrutura passiva quanto de complemento para as versões climatizadas.

bar em casa

Projeto: Casa Arquitetura – Execução: Finger Casa Forte – Fotos: Walter Dias

Os equipamentos que já vêm prontos não precisam ficar soltos no ambiente. Você pode embuti-los em armários, balcões e até nas paredes se puder prever uma boa solução de móveis planejados. É um jeito de destacar e facilitar o acesso aos compartimentos que guardam as bebidas favoritas dos amantes de vinho.

Se você não quer climatização, a dica é prever uma estrutura completamente personalizada com tudo o que precisa para facilitar a sua rotina de pegar e servir os rótulos. Nichos, prateleiras, painéis, ganchos e encaixes diferenciados podem ser solicitados à equipe responsável pelo desenvolvimento do projeto.

Assim, em vez de limitar a solução a suportes para garrafas, você consegue prever áreas específicas para guardar baldes de gelo, abridores, taças de diversos tamanhos, bandejas e outros utensílios. Até acessórios, como quadros temáticos e plaquinhas, podem ser posicionados estrategicamente.

Depois de aprender como montar adega de vinhos, procure uma empresa especializada em personalizar ambientes com móveis de qualidade. Essa solução fará toda a diferença no resultado do seu projeto por garantir o melhor visual aliado a produtos duráveis.

Se você gostou da possibilidade de compor a adega com móveis planejados, entre em contato conosco e conheça todas as soluções disponíveis!

Confira mais inspirações. em nosso Pinterest!

solicite orcamento moveis planejados personalizados

SOLICITE UM ORÇAMENTO