28out

6 dicas para melhorar a ergonomia na sua cozinha

6 dicas para melhorar a ergonomia na sua cozinha

A cozinha é um cômodo de muita convivência, um espaço que pode ajudar a criar memórias afetivas e a gerar bons sentimentos. Mas, para que a cozinha seja um local saudável, é preciso pensar ergonomicamente em sua construção. Dessa forma, a ergonomia na cozinha tem poder que vai além da estética e funcionalidade, atingindo até a saúde.

Conheça mais sobre ergonomia e saiba como melhorar esse item em sua cozinha, com dicas, escolha de móveis e muito mais.

móveis ergonômicos

O que é ergonomia e como ela funciona

Primeiramente, é preciso entender o que é, de fato, ergonomia e como ela funciona. Em resumo, ergonomia é harmonia entre ser humano e condições laborais, no caso, nos cômodos de casa. Assim, a rotina será mais produtiva e segura, confortável e saudável. São cuidados no ambiente que vão ajudar a reduzir movimentos bruscos e desnecessários, além de evitar acidentes.

Alguns ambientes são planejados de forma equivocada, sem que haja uma avaliação de como será a rotina dos moradores ou analisar a importância daquele espaço no dia a dia deles. Por isso, alguns erros podem ser cometidos na hora de montar o ambiente, como escolher os móveis errados, não saber a altura certa de cada coisa. Esses erros podem contribuir para uma péssima ergonomia, prejudicando a saúde física, por exemplo, gerando dores no pescoço por esforços desnecessários.

cozinha ergonômica

A ergonomia, então, pensa nos ambientes como uma parcela do dia da pessoa e na relação entre morador e cômodo, melhorando a forma de usá-lo.

Como melhorar a ergonomia na cozinha

Mas, como é possível melhorar a ergonomia na cozinha? Quais são os móveis, itens e organização que são indicados? Essas questões podem contribuir para a melhora na rotina e qualidade de vida. Por isso, selecionamos algumas dicas para que você saiba como aproveitar ainda mais a funcionalidade do ambiente sem prejudicar a saúde física. Confira:

Defina o espaço

O primeiro passo é definir como será o espaço da cozinha. A dica é separar por áreas. A área de preparo de alimentos, a área de limpeza dos utensílios, a área de convivência e, se for o caso, a área da lavanderia. Dessa maneira, é preciso organizar o espaço e defini-lo conforme a funcionalidade de cada área, facilitando a movimentação e evitando esforços repetitivos e/ou bruscos.

cozinha integrada

Projeto: Studio Living de Caxias – Obra: Studio FF – Fotos: Artur Pretto

Atente-se à altura da bancada

Após definir o espaço, é hora de atentar-se à altura da bancada. A bancada da pia é uma parte fundamental da cozinha. Ambiente de preparação de refeições e limpeza de utensílios, é um local que facilita todo o trabalho. Por isso, é mais que necessário escolher uma bancada com a altura correta. É indicado que a bancada seja de uma altura ideal que a pessoa não precise se curvar ou ficar de ponta de pés para realizar as tarefas.

Escolha dos armários

O segundo ponto importante na cozinha é a escolha dos armários. Esses móveis são fundamentais para a funcionalidade do espaço. A dica é que os armários inferiores sejam inseridos sob a bancada e que tenham a mesma profundidade dela, deixando até 2cm de recuo (pingadeira) para evitar que a água da pia estrague o móvel. As portas devem ser de fácil manuseio. Já o armário suspenso deve vir a uma altura de, em média, 60 cm da bancada.

cozinha planejada estilo provençal

Projeto: Cassio Arquiteto – Execução: Finger Brasília

Não esqueça da circulação

O espaço de circulação é uma das principais formas de melhorar a ergonomia do local. Atente-se para que a cozinha tenha um espaço ideal para que os moradores possam circular, movimentar-se de forma livre.

Blacksplash ou frontão

O blacksplash, também chamado de frontão, é o espaço entre a bancada da pia e o armário superior. Pode parecer um espaço inútil à primeira vista, mas, não é bem assim. Ele pode auxiliar na funcionalidade e na organização da cozinha. É possível apostar em ganchos para pendurar itens e muito mais. Se houver uma janela no local, ela deve estar em uma altura de 15 a 20 cm.

cozinha provençal

Projeto: Arquiteta Camila Vasconcellos – Execução: Finger Casa Forte – Foto Walter Dias

Onde colocar o fogão

E o fogão, onde colocar? Ele deve ser instalado próximo da pia, com média de 1 m de espaço de transição. Esse local de transição é onde será preparada a refeição e as panelas serão colocadas para facilitar. Assim, pensando na ergonomia da cozinha, a movimentação exige menos esforço e é mais confortável. Se optar por instalar um exaustor, lembre-se que a altura mínima é entre 50 a 70 cm do fogão.

cozinha provençal classica com ilha

Inspiração: Edy Planejados

Dessa maneira, é possível pensar na ergonomia da cozinha com pequenas mudanças. Esses detalhes vão auxiliar em uma rotina mais funcional e saudável para os moradores da casa, reduzindo riscos e movimentos bruscos e repetitivos.

Ergonomia na cozinha e iluminação

A iluminação também é uma forma de tornar o ambiente mais saudável. Escolher a luz é uma forma de evitar esforços para os olhos, deixando-os mais descansados. Opte por luzes neutras que ajudam na hora de preparar as refeições. Se puder, opte por iluminação natural também.

Janelas e ergonomia

As janelas ajudam a melhorar a ergonomia na cozinha de forma que os odores possam sair mais facilmente com a abertura do ar, deixando o ambiente mais agradável. Além disso, elas ajudam na circulação de ar, melhorando o clima do local.

Ergonomicamente, a cozinha precisa ser funcional e agradável. Afinal, é possível passar mais tempo cozinhando alimentos e limpando os utensílios, e, essas tarefas domésticas precisam ser feitas da melhor forma possível, reduzindo estresse, riscos e movimentos desnecessários.

Portanto, melhorar a ergonomia na cozinha traz diversos benefícios para o seu dia a dia e é importante para todos os moradores, que vão ter mais tempo e mais espaço para circular. Evitar que a cozinha seja um espaço desagradável já é uma maneira de pensar ergonomicamente.

Para um ambiente agradável, seguro, confortável e com mais funcionalidade, os móveis planejados são essenciais. Móveis feitos sob medida podem contribuir para uma melhor saúde física em relação ao ambiente.

O tipo de cozinha também é uma forma de aumentar a funcionalidade do espaço. Conheça mais sobre a opção que pode ser mais indicada para tal: a cozinha paralela.

solicite orcamento moveis planejados personalizados

SOLICITE UM ORÇAMENTO