16ago

Decoração com papel de parede: 5 dicas para renovar os cômodos

Decoração com papel de parede: 5 dicas para renovar os cômodos

Praticidade é uma característica valiosa no momento de alterar a aparência da casa. Felizmente, algumas ideias envolvem recursos que proporcionam aplicação fácil para você renovar o visual de diversos cômodos. Um bom exemplo está na tradicional decoração com papel de parede.

Há modelos para todos os gostos e objetivos, com opções que atendem desde quarto infantil até escritório doméstico. Se tem sido difícil decidir, fique de olho nas dicas do artigo. Vamos mostrar os principais aspectos a considerar na escolha desse produto!

1. Observe as condições do ambiente

Os papéis têm composições diferentes para que se adaptem às características do local onde serão instalados. Logo, leve isso em conta na hora de buscar um modelo para qualquer área da residência.

Espaços úmidos, como cozinhas, banheiros e lavanderias, precisam de uma versão resistente à água. A melhor opção é o papel de parede vinílico, pois recebe uma camada de plástico (PVC) que o torna impermeável. Isso significa que pode ser lavado sem problemas.

Os demais ambientes da casa podem receber os papéis tradicionais, feitos de celulose ou TNT. Como são áreas secas, é possível abusar dos modelos com relevo ou aveludados, por exemplo, sem medo de danificar as texturas;

2. Verifique o acabamento das paredes

Superfícies rugosas ou com danos não são adequadas para a aplicação desse tipo de material. Sem as devidas correções, o risco de obter um resultado ruim será bem alto. É por isso que você deve verificar toda a área de trabalho antes de iniciar sua decoração com papel de parede.

moveis para estudo dormitorio infantil home office

Projeto: Dani Bonatto Interiores – Execução: Atrativa Finger Concórdia – Fotos: Movie Two Creative

Se houver textura ou outro efeito que gere aspereza, a aderência do produto será prejudicada. O ideal é retocar a parede e corrigir possíveis imperfeições — buraco feito com prego, protuberância por conta de mau acabamento e até mancha de umidade causada por infiltração.

3. Avalie a paleta de cores do local

Se olhar com bastante atenção, você verá que cada cômodo tem a predominância de uma ou mais cores. Para garantir harmonia, vale a pena respeitar essa paleta de base ao escolher o tema do papel de parede. Pense que o mesmo produto nem sempre cai bem em todos os estilos de decoração.

dormitorio infantil

Projeto: Muda Arquitetos – Execução: Finger Casa Forte

É claro que você pode usar a criatividade e deixar o espaço personalizado. Só tenha cuidado com o excesso de elementos e misturas, a fim de não deixar o ambiente pesado. Uma boa estratégia é selecionar papéis que tenham tons parecidos com aqueles já presentes no recinto ou tragam estampas discretas.

4. Equilibre os estilos decorativos

Complementando a dica anterior, reflita sobre o visual que você quer que predomine no espaço. Não adianta pensar em uma decoração com papel de parede clássica se o local tem muitos elementos modernos. O material, sozinho, não será suficiente para alterar o estilo principal.

Você tem duas opções para acertar na combinação: priorizar papéis que sigam o mesmo tema do ambiente ou substituir a mobília, acessórios e tecidos por novos produtos. Na segunda, é o momento ideal para atualizar as peças e criar um cenário novo.

decoração de estante studio corporativo - decoração papel de parede glitter

Projeto: Adomiciano Interiores – Execução: Estudio Eleganz – Foto: Pablo Zanella

Os móveis planejados são soluções atrativas para adequar cômodos inteiros às suas expectativas. Eles podem ser feitos em diferentes cores, formatos e tamanhos. Isso significa que é possível adaptá-los ao design pensado para o cômodo.

5. Pense nas sensações desejadas

Esse é mais um cuidado importante na hora de buscar seu papel de parede. Por ser um recurso decorativo, composto por cores, padrões e figuras específicas, ele tem o potencial de transmitir certas sensações ao ambiente.

decoração com papel parede tijolinho living

Projeto: LO Interiores – Execução: Edy Planejados

Tenha isso em mente ao buscar modelos para quartos, salas de estar e qualquer outra área da sua casa. Veja alguns exemplos de acabamentos/estampas e os respectivos efeitos que podem gerar:

  • tons claros — amplitude visual e potencialização da luz (mais claridade);
  • tons pastel — tranquilidade e relaxamento, principalmente quando envolvem cores frias;
  • cores quentes — conforto e aconchego, ainda mais se combinados a itens de madeira;
  • cores escuras — sobriedade e elegância, mas podem “encolher” visualmente;
  • linhas retas — desenhos retilíneos transmitem jovialidade, ação, dinamismo e força;
  • linhas sinuosas — padrões delicados e orgânicos remetem à natureza e seus recursos.

Pronto, você está a poucos passos de arrasar na decoração com papel de parede. Basta seguir as nossas recomendações e respeitar sua preferência por determinadas combinações. Esperamos que goste do resultado e consiga deixar seu lar ainda mais bonito.

solicite orcamento moveis planejados personalizados

E já que o assunto é transformação, aproveite e leia as dicas para decorar estante!

Gostou do conteúdo? Aproveite e siga a Finger Móveis Planejados nas redes sociais: Facebook, Instagram, YouTube e Pinterest.

Olá, tudo bem? Gostaria de informações sobre a Finger.