05maio

Decoração dourada: uma forma de trazer luxo e sofisticação ao ambiente

Decoração dourada: uma forma de trazer luxo e sofisticação ao ambiente

Presente em palácios, igrejas e nos mais sofisticados ambientes, a decoração dourada é sinônimo de luxo e sofisticação ao longo da história. A cor, que remete ao ouro, quando bem aplicada nos espaços, é capaz de traduzir todos esses conceitos e tornar o local único.

E se você é fã do tom, saiba que ele voltou com tudo nas tendências de decoração e está cada vez mais presente em adornos, objetos, acessórios, móveis e até nas paredes.

Neste artigo, vamos ensinar a aplicar a decoração dourada na sua casa sem que ela destoe com outros estilos, trazendo o requinte que o seu espaço merece. Se você está buscando inspirações, continue com a leitura e confira nossas dicas!

Veja como surgiu a tendência de decoração dourada

A cor do sol, do ouro e de tudo que remete ao poder. Com esses predicados, a decoração dourada sempre esteve presente:

  • em palácios, para enaltecer a autoridade de quem morava ali;
  • em igrejas e templos, como uma forma de reverenciar o sagrado com o melhor dos metais;
  • nas mais diversas tumbas, para demonstrar a riqueza do morto.

O conceito de luxo associado à cor atravessou a história, ganhou novos contornos — já que há quem acredite que a cor dourada também ajude a revitalizar as energias dos espaços e das mentes — e continua presente nos mais sofisticados ambientes.

Com o surgimento de novas tendências de decoração, é possível combinar o tom com tudo: desde inspirações mais ousadas até as minimalistas. Tudo isso sem pesar o ambiente, trazendo luz e deixando tudo muito mais bonito.

Saiba como e onde usar a decoração dourada em casa

A primeira coisa a fazer na hora de usar o dourado no ambiente é definir o seu estilo de decoração e analisar como a cor pode ser encaixada de modo elegante e equilibrado, sem destoar de outras peças. A ideia é que ela seja integrada ao que você já tem e melhore o seu espaço. Veja, agora, algumas inspirações e tendências e escolha já a sua!

Clássico e sofisticado

O estilo clássico e sofisticado vem desde a Antiguidade, com o florescimento da arquitetura clássica e o luxo das edificações, que tinham o objetivo de mostrar poder e imponência. Depois, ele se estabeleceu na decoração dos palácios da realeza dos séculos XVII e XVIII, sendo marcado pela presença de móveis robustos e com inspiração rococó, tecidos como veludo e certa opulência no ambiente — com a presença de lustres trabalhados e tons escuros.

Algumas dessas referências atravessaram os séculos e se estabelecem até hoje nos ambientes. Se você se identificou com o estilo ou visualizou a sua casa nesse formato, saiba que ele é o mais fácil de combinar com o dourado, por conta de sua origem.

Aqui, se você quiser agregar a cor à sua decoração, poderá:

  • usar puxadores de gavetas dourados;
  • ter almofadas nessa cor;
  • usar um tapete nessa tonalidade;
  • pintar alguns móveis, como poltronas e mesas de apoio ou de cabeceira, com a cor;
  • investir em cortinas e papel de parede em estilo clássico
  • aderir a molduras em estilo rococó, para espelhos, quadros ou porta-retratos, que traduzem muito bem o estilo no ambiente.

É importante destacar a importância de usar a tonalidade com cuidado, já que o estilo já é bastante intenso e conta com peças marcantes. Então, procure alternar uma ou duas dicas de dourado no ambiente, para não pesar demais.

Moderno

O estilo moderno já envolve elementos do século XX e se caracteriza pela simplicidade, praticidade e funcionalidade dos elementos. Nesse sentido, costuma ter alguma tecnologia envolvida, linhas simples e cor — ao contrário do minimalista, que prefere tons mais neutros.

Para adotar a cor dourada no estilo moderno:

  • pinte uma única parede nesse tom, para contrastar com as linhas simples do restante da decoração;
  • tenha dourado em um pendente ou luminária com linhas modernas;
  • acrescente porta-retratos com design moderno;
  • crie contraste com o dourado em acessórios, vasos ou algum móvel;
  • use peças de design ou com inspiração futurista, que ganham destaque extra na decoração se vierem nessa cor. Tenha cuidado apenas na hora de mesclar as tonalidades. Prefira sempre alternar o dourado com tons neutros como preto, branco ou cinza.

Simples e minimalista

Aqui, a decoração é baseada no conceito de que menos é mais. Menos móveis, mais espaços abertos; menos peças, mais design e conforto. Essa proposta, contudo, não faz com que o minimalismo tenha menos estilo ou dispense toques de dourado no seu décor.

Se você visualizou a sua casa com esse tipo de decoração, saiba que o dourado pode aparecer aqui também de forma pontual, mas marcante:

  • use acessórios dourados;
  • crie contraste com uma moldura de espelho ou quadro em dourado;
  • use dourado em luminárias ou pendentes;
  • opte por um papel de parede moderno, com linhas retas ou círculos dourados.

A decoração dourada é bastante versátil, confere beleza e sofisticação a todos os ambientes, se encaixa com quase qualquer tipo de tendência e ajuda até a reenergizar — para aqueles que acreditam na vibração das cores. O segredo está em saber combinar as peças e usar tudo com parcimônia.

Quem curte um estilo mais minimalista pode optar por um detalhe, um acessório. No estilo moderno, peças futuristas, acessórios e até uma parede podem trazer o dourado para sua combinação.

Já o clássico e o sofisticado são o berço do dourado, com muitas possibilidades para usar a cor em móveis, acessórios, lustres e puxadores. O céu (e sua inspiração) é o limite.

Como vimos, não é preciso ter medo da decoração dourada. A variedade de peças nesse tom no mercado ajuda, ainda, a conseguir itens perfeitos para o que você deseja, sem brigar com a decoração da sua casa. O principal é definir um estilo de decoração e saber de que modo você pode encaixar a cor no seu espaço.

E se você curtiu nossas dicas de decoração, que tal compartilhar este post nas suas redes sociais? Assim, mais pessoas poderão se inspirar a usar o dourado em suas casas!

Olá, tudo bem? Gostaria de informações sobre a Finger.