06nov

Ecodesign e design sustentável: conheça melhor essas duas tendências

Ecodesign e design sustentável: conheça melhor essas duas tendências

Promover a indústria sustentável, conservar os recursos naturais e combater as mudanças climáticas são alguns dos objetivos da Organização das Nações Unidas (ONU) para transformar o planeta até 2030. Essas metas se refletem em diversas áreas do conhecimento — a exemplo do design e da arquitetura — e inspiram conceitos como o design sustentável e o ecodesign.

Em essência, o design sustentável e o ecodesign buscam soluções para os consumidores que não causem danos ao meio ambiente e à sociedade como um todo. Isso inclui desde o reaproveitamento de materiais ao desenvolvimento de novas tecnologias.

Embora soem semelhantes em um primeiro momento, há diferenças importantes entre as duas ideias que vamos detalhar neste post. Acompanhe e saiba como aplicar esses conceitos para dar um up na decoração da sua casa!

O que é ecodesign?

A referência mais conhecida do design ecológico, ou ecodesign, é o austríaco Victor J. Papanek (1923-1998). Ele considerava o design uma ferramenta para o desenvolvimento de países e comunidades e colaborou com projetos da Unesco e da Organização Mundial da Saúde (OMS).

Preocupado com a escassez de recursos naturais, o ecodesign busca implementar produtos e serviços que sejam eficientes e que minimizem seu impacto ambiental durante o ciclo de vida. Para isso, salienta a eficiência energética, a durabilidade e a diminuição de resíduos.

Princípios do ecodesign

Para reduzir o impacto nocivo de produtos e serviços ao meio ambiente, o ecodesign propõe uma série de princípios. Saiba quais são!

  • Escolher materiais menos poluentes, não tóxicos, de produção sustentável ou reciclados.
  • Utilizar processos de fabricação que consumam menos energia.
  • Produzir produtos que durem mais e funcionem melhor para evitar a geração de lixo.
  • Criar objetos cujas peças possam ser trocadas em caso de defeito em vez de ter que substituir todo o produto.
  • Propor objetos a partir da reutilização ou reaproveitamento de outros.

O que é design sustentável?

O objetivo do design sustentável é gerar uma sociedade voltada à sustentabilidade tanto ambiental quanto social. Isso significa que o conceito é mais abrangente que o de ecodesign porque considera também preocupações sociais e econômicas ligadas a um produto ou serviço.

Portanto, o ecodesign é uma etapa necessária para o design sustentável. Ao ampliar o foco para além do produto ou do serviço, o design sustentável cuida também das pessoas influenciadas por todas as etapas, da produção ao descarte.

Como usá-los na decoração de ambientes?

As ideias do ecodesign e do design sustentável são excelentes fontes de inspiração para fazer mudanças na sua casa — afinal, a decoração impacta na qualidade de vida de todos os moradores. Então, veja como aplicar esses conceitos no seu lar!

Use materiais de forma consciente

A todo momento surgem alternativas de materiais eco-friendly, que utilizam recursos altamente renováveis e não poluem o solo e a água. Por isso, procure conhecer a origem dos elementos usados na decoração e priorize a madeira de reflorestamento, as tintas vegetais, os plásticos reciclados, entre outras opções.

Os produtos que são amigos do meio ambiente recebem certificações que garantem que eles foram produzidos de maneira sustentável. Ao sair para as compras, fique de olho nos selos indicados nas embalagens.

Reutilize o que você já tem

Para ter uma decoração sustentável, aposte na qualidade e na funcionalidade dos móveis planejados, pois isso vai permitir que eles durem muitos anos e que você possa reutilizá-los em variadas configurações. Então, na hora de escolher um fornecedor, priorize os que são reconhecidos pela tradição.

Aproveite o espaço ao máximo

Otimizar o espaço na sua casa traz uma sensação agradável e ainda é uma atitude sustentável. Assim, organize um layout de forma a facilitar a circulação de ar e a entrada de luz natural, e tenha móveis adequados a cada ambiente.

Com o preenchimento inteligente do espaço, você reduz a necessidade de colocar mais objetos dentro de casa e pode economizar dinheiro e recursos naturais que seriam desperdiçados em remodelações desnecessárias.

Busque a eficiência energética

A iluminação e a climatização dos ambientes são fatores fundamentais para ter uma casa mais verde. E a boa notícia é que pequenas mudanças já fazem muita diferença, como posicionar a mesa de trabalho perto da janela, pintar as paredes de cores claras e trocar as lâmpadas convencionais pelos modelos de LED.

No momento de comprar equipamentos eletrônicos, cuide para escolher modelos que consumam menos energia elétrica. Por fim, considere investir em equipamentos como placas solares para produzir a sua própria energia.

Aposte na simplicidade

A decoração simples é uma aliada do ecodesign e do design sustentável porque exige menos materiais e ainda facilita a iluminação e a ventilação dos ambientes. Inspire-se no estilo escandinavo, por exemplo, e aposte em linhas retas, tons pastéis e elementos naturais para criar uma decoração bonita e aconchegante.

O que esperar dessas duas tendências?

Ecologia e sustentabilidade são tendências de design cada vez mais em alta conforme cresce a discussão sobre a preservação da Terra. Assim, a todo momento surgem novas ideias para minimizar o impacto negativo e maximizar os benefícios dos produtos e dos serviços necessários para a vida em sociedade.

O reaproveitamento de materiais deve ser visto cada vez mais em projetos de decoração. O plástico, que é um dos maiores vilões da poluição dos oceanos, vem sendo usado por designers para fazer móveis e objetos de decoração modernos e sofisticados.

Outra mudança que deve se acentuar é a de produzir itens de decoração que sejam de fácil manutenção para evitar o uso de produtos de limpeza pesados e poluentes. É o caso, por exemplo, de carpetes feitos com fibras resistentes a manchas que podem ser lavados apenas com água.

Em resumo, pode-se considerar o ecodesign e o design sustentável como ferramentas complementares para atingir um mesmo objetivo: a sustentabilidade. Por isso, é fundamental familiarizar-se com os conceitos e refletir sobre como as suas escolhas podem contribuir para o futuro do planeta.

Como você viu, é muito simples começar a mudança dentro de casa. Para mais inspirações de decoração alinhadas a esse tema, confira nosso post com razões para investir em móveis inteligentes e descubra como eles ajudam no aproveitamento do espaço!

Olá, tudo bem? Gostaria de informações sobre a Finger.