30jul

Cores neutras: quais são e quais as vantagens de usá-las na decoração?

Cores neutras: quais são e quais as vantagens de usá-las na decoração?

As cores neutras são essenciais para deixar a casa mais aconchegante, ampliar visualmente e decorar com bom gosto. Elas são opções amenas e elegantes que, ao contrário do que se pensa, vão muito além do tradicional branco e bege.

Também conhecidas como cores sóbrias, compõem as paletas mais básicas e atuam como pano de fundo dos tons alegres, vibrantes e chamativos. Mas você sabe o que realmente define esse conjunto tão famoso em projetos de interiores?

Embora não apresentem graus de azul, vermelho e amarelo tão evidentes, as cores neutras podem ser quentes ou frias — dependendo do subtom presente na mistura. Logo, o que caracteriza esse tipo de tonalidade não é a intensidade ou tendência ao calor/frio, mas sim o seu potencial para ser discreta.

Para deixar mais claro, mostraremos alguns exemplos de cores neutras e as vantagens de aplicá-las na decoração. Acompanhe e saiba como tirar proveito máximo de cada opção!

Quais são as cores neutras mais usadas?

Há uma infinidade de nuances para transformar a casa com o seu estilo de decoração favorito. Do clássico ao sofisticado, todo tema pede um toque de cores sóbrias para equilibrar a composição. Veja, a seguir, as mais utilizadas na arquitetura e no design:

  • branco — tradicional e presente na maioria das residências, é a cor mais discreta porque recebe muito bem qualquer tonalidade. Não é à toa que paredes brancas são consideradas superfícies perfeitas para trabalhar com diferentes elementos (estampas, texturas etc.);
  • creme — é o tom pastel do amarelo, ou seja, um branco com pequenas quantidades de pigmentos amarelados. Cai bem em espaços trabalhados com uma atmosfera clean, onde menos é mais;
  • cinza — todas as suas variações, da mais clara à mais escura, compõem o grupo dos neutros. É um tom incrível para integrar ambientes porque faz uma perfeita transição entre paletas suaves e intensas;
  • bege — queridinho nas composições luxuosas e elegantes, traz calor para a composição. É uma ótima alternativa à frieza e artificialidade do branco, já que seu fundo amarelado proporciona conforto visual;
  • fendi — um misto de cinza e bege com um toque de verde, une o melhor das cores neutras quentes e frias. Lembra muito as superfícies de concreto, sendo, portanto, ideal para projetos contemporâneos ou que tenham uma estética urbana;
  • marrom — café, chocolate, caramelo, terracota… Todas as opções de marrom englobam essa tonalidade que é muito valorizada nos móveis, pisos, painéis amadeirados e outros elementos.

Perceba que tons sóbrios são facilmente encontrados na natureza. Portanto, opções que lembram argila, areia e diferentes tipos de solos também entram nessa categoria. Vale a pena explorar os exemplos trazidos pelos materiais naturais e aproveitar o poder das cores neutras na decoração.

Quais são as suas principais vantagens?

É fácil listar os pontos positivos das cartelas neutras. Versões mais claras e suaves, por exemplo, são perfeitas para otimizar espaço porque refletem melhor a luz e geram sensação de amplitude. As mais escuras ou intensas, por outro lado, adicionam informação sem pesar no visual. Confira mais vantagens a seguir.

Discrição

Essa é a característica de destaque das tonalidades neutras. Afinal, faz com que não chamem a atenção para si, ao passo que realçam a beleza de outras cores e detalhes presentes na decoração. Os tons sóbrios atuam como molduras que evidenciam o melhor de cada ambiente.

Vale lembrar que as nuances neutras podem receber camadas de brilho ou texturas em projetos mais ousados. Assim, quem não deseja tanta discrição deve investir em opções como prata (cinza), ouro envelhecido (bege) e rosé (rosa queimado) ao escolher tintas, revestimentos e até materiais com efeito metalizado.

Versatilidade

Outro ponto a favor das cores neutras está na possibilidade de usá-las para compor projetos com diferentes linguagens e estilos. A cartela de tons dependerá do tema escolhido e poderá ser combinada com nuances mais chamativas (como as versões em neon ou com brilho), conforme o gosto dos moradores.

Veja exemplos de propostas que demonstram essa versatilidade:

  • decoração clássica — costuma ter o predomínio de superfícies em branco e bege, bem como mobília trabalhada com madeira (marrom) e estofados em tons claros;
  • decoração minimalista — é marcada por muito branco e detalhes em preto. Também há elementos que variam entre cinza e marrom, especialmente na forma de estampas;
  • decoração industrial — aposta nas tonalidades que lembram materiais rústicos, como o cimento queimado (cinza), a madeira de demolição (marrom) e os tijolos maciços (bege).

Atemporalidade

Tudo o que é discreto tende a se tornar atemporal com mais facilidade. Afinal de contas, não se altera com o passar do tempo nem depende de tendências que, vez ou outra, mudam a forma como vemos as coisas. Nesse sentido, as cores neutras saem ganhando das tonalidades vibrantes porque dificilmente perdem seu lugar na decoração.

Enquanto versões como marsala ou ultravioleta ganham um destaque momentâneo, opções como bege e cinza permanecem entre as escolhas de diferentes profissionais, não importa a época. Dessa forma, para quem deseja transmitir a impressão de que os ambientes estão sempre com aspecto atualizado, vale a pena investir em paletas sóbrias.

Simplicidade

Essa vantagem é resultado de todas as que foram citadas em nosso artigo. Se considerarmos que os tons neutros são discretos, atemporais e versáteis, conseguiremos fazer a combinação de cores sem muito sacrifício.

As paletas suaves combinam entre si e também funcionam perfeitamente ao lado de nuances mais chamativas, como vermelho, azul, verde ou laranja. Isso significa que a junção das cores se torna mais simples, independentemente do estilo ou tema que você deseja trabalhar em sua residência.

Agora que tem bons motivos para incluir as cores neutras em suas escolhas, comece a pensar em maneiras de compor ambientes mais atrativos. Lembre-se de que não há tonalidade certa ou errada. O importante é fazer testes até encontrar combinações que agradem a família e ajudem a deixar todos os cômodos harmonizados.

Quer mais dicas de soluções que mantenham os espaços da residência em equilíbrio? Acesse o nosso post especial sobre o assunto e saiba o que fazer para harmonizar todos os lugares da casa!

Powered by Rock Convert
Olá, tudo bem? Gostaria de informações sobre a Finger.