02out

Como usar quadros minimalistas na decoração da sua casa?

Como usar quadros minimalistas na decoração da sua casa?

Na decoração, há alguns elementos que são apostas certeiras e que ficam bem em quase todos os ambientes. Esse é o caso dos quadros minimalistas, pois eles se adaptam aos mais diversos layouts e combinam facilmente entre si.

O interessante é que você pode ter todo o charme do estilo minimalista concentrado em objetos pequenos — porém marcantes. Para saber como usar esse recurso decorativo na sua casa, continue a leitura!

O que é o estilo minimalista?

O movimento do minimalismo surgiu na década de 60 nos Estados Unidos como um estilo de vida voltado a livrar-se de itens em excesso e focar apenas nos recursos necessários. Logo a ideia passou a se refletir também na arquitetura, no design e nas artes.

Como um estilo de decoração simples, o minimalismo tem como referência a expressão “menos é mais”: cada ambiente é projetado de modo a conter apenas o que for essencial para deixá-lo funcional e aconchegante ao mesmo tempo.

O estilo minimalista imprime ao espaço um ar de sobriedade, leveza e tranquilidade. Por isso, os adeptos desse padrão preferem cores neutras e claras, luz natural, linhas retas na mobília e espaços amplos para circulação.

O minimalismo na decoração não significa, porém, cômodos quase vazios, paredes em branco e nenhum toque de cor. Na verdade, os ambientes minimalistas são marcados por escolhas de móveis inteligentes e elementos decorativos que se sobressaem sem pesar o local, como os quadros minimalistas.

Como usar quadros minimalistas na decoração?

Quadros e pôsteres são uma ótima maneira de dar mais personalidade a um ambiente minimalista. Veja a seguir dicas de como escolher os seus!

Defina a quantidade de quadros conforme a área

Se você tem pouca área disponível, como em um corredor, a sugestão é posicionar uma dupla de quadros. Mas atenção ao alinhamento: no caso de paredes estreitas, a organização deve ser vertical.

Para não errar, aposte em molduras de mesmo tamanho e acabamento. Além disso, o ideal é que o tema do poster minimalista seja o mesmo para que haja uma harmonia.

Em paredes maiores, como a do sofá, é interessante fazer uma composição de quadros minimalistas. Para ter um mural no clima de galeria de arte, você pode brincar com as proporções usando quadros de tamanhos diferentes e combinar ilustrações e texto.

Para ter certeza de que o conjunto é adequado, a dica é medir o espaço que será usado e depois distribuir os quadros no chão para observar a combinação entre eles. Depois, basta marcar as posições na parede com fita crepe ou papel pardo e só então posicionar os quadros definitivamente.

Combine o tema dos quadros ao estilo minimalista

Depois de decidir em que paredes do cômodo os quadros minimalistas serão colocados, a principal dúvida que surge é sobre o tema dos adornos de decoração. Para isso, a máxima “menos é mais” continua valendo.

Os desenhos geométricos são muito bem-vindos na decoração minimalista e podem dar um leve toque de cor ao ambiente — para não pesar, prefira os que tenham até duas cores. Outra ilustração que é tendência é a de plantas, especialmente a folha da costela-de-adão.

Frases impressas em fontes marcantes também dão charme e servem como respiro no mural de quadros. Você pode escolher uma letra de música ou trecho de filme que é a sua cara, por exemplo. Quadros com texto também vão bem na decoração do escritório.

Para deixar a composição mais exclusiva, emoldure fotos em preto e branco feitas por você ou por outro morador da casa. Esse é um bom recurso para valorizar imagens de viagens e de momentos especiais.

Na hora de escolher o tema dos quadros e posters minimalistas, tenha atenção às cores para que elas não destoem do restante do ambiente e siga a regra de simplicidade ao selecionar os desenhos.

Prefira as molduras padronizadas

As molduras para quadros minimalistas geralmente são mais simples, com linhas retas e sem entalhes. Você pode escolher molduras de cores neutras, como preto e branco, ou ainda em madeira, de preferência acompanhando o acabamento dos móveis do ambiente.

No caso das galerias, o mais indicado para manter o estilo minimalista é padronizar a espessura das molduras, especialmente se a composição misturar fotos, textos e desenhos.

Para destacar a moldura, prefira imagens mais centralizadas e em fundo neutro. Outra opção é usar quadros que tenham paspatur, um papel cartão que tem a função de evitar que a imagem encoste no vidro. Ao fazer a transição entre a obra e a moldura, esse recurso garante o impacto visual do quadro.

Modernize a decoração com quadros soltos

Os quadros não precisam necessariamente estar presos às paredes. Formas alternativas de organização, como deixar os quadros soltos, ajudam a inovar a decoração e facilitam a troca e a limpeza das obras.

Os grandes murais podem ser posicionados direto no chão, ao lado de plantas e luminárias, por exemplo. Já os quadros médios podem ser apoiados em estantes, aparadores e criados-mudos.

Outra ideia é instalar prateleiras estreitas próprias para quadros soltos. Você pode combinar as telas com objetos decorativos menores, como pequenas esculturas e vasos de flores. Como os quadros são posicionados lado a lado em uma linha reta, não tenha medo de apostar em molduras de diferentes alturas.

Como criar uma decoração harmônica com os quadros?

Para haver harmonia no espaço, não basta que somente os quadros sigam uma estética minimalista. Por isso, conheça as principais características dos estilos de decoração e procure combinar móveis, tecidos e adornos.

Quadros com referências à natureza casam muito bem com a simplicidade e a elegância da decoração escandinava, por exemplo. Já as telas com padrões geométricos são bem-vindas nos ambientes com uma proposta mais industrial.

Os quadros minimalistas são recursos versáteis para complementar e dar personalidade à decoração de qualquer ambiente. Ao seguir uma linha estética, você ainda garante um resultado bastante sofisticado.

Mas além de bonito, o lar tem que provocar aquela sensação de bem-estar em seus moradores, não é mesmo? Para preservar esse efeito, temos várias dicas para você harmonizar os cômodos da casa. Acesse o post e confira!

Powered by Rock Convert
Olá, tudo bem? Gostaria de informações sobre a Finger.