08nov

Descubra aqui 5 dicas para fazer um espaço zen em casa

Descubra aqui 5 dicas para fazer um espaço zen em casa

Toda residência tem ambientes dedicados a diferentes atividades. Quando o assunto envolve descanso, muita gente pensa apenas no próprio quarto ou, no máximo, em uma área externa. Mas é possível desacelerar de uma forma mais agradável se você tiver um espaço zen em casa.

O conceito engloba vários elementos e pode ter sua estética adaptada ao estilo de vida dos moradores. Sua principal finalidade é criar uma atmosfera propícia para o relaxamento, com recursos que tragam conforto e incentivem as pessoas a desfrutar do momento presente.

Você verá que muitas de suas características estão presentes em temas que viraram tendência, como a decoração Hygge e até o estilo escandinavo. Essa valorização só prova que a ideia traz benefícios que podem ser aproveitados por diferentes pessoas.

Continue a leitura para saber mais sobre o assunto e conferir algumas dicas de composição!

Por que ter um espaço zen em casa?

Cansamos de ver, em discussões nas redes ou dentro do círculo social, debates sobre os desafios da vida moderna. Hoje, parece até impossível cumprir uma agenda tranquila e reservar tempo suficiente para cuidar da saúde e de assuntos que não tenham relação com o trabalho.

O resultado dessa correria e da busca incessante por máxima produtividade só poderia vir na forma de estresse, ansiedade e outros sentimentos ruins. Mas como diminuir o ritmo? Para muitas pessoas, a única alternativa é criar um espaço zen em casa, onde realmente possam se desligar do mundo.

Investir nesse ambiente ajuda a lidar com as emoções e a refletir sobre os problemas antes de agir. É o tipo de refúgio ideal para desenvolver práticas que geram bem-estar, como orações, meditação e alongamentos. Há até quem o decore com base em artes milenares, como o Feng Shui, para equilibrar as energias.

espaço zen em casa varanda plantscaping

Como montar esse ambiente?

O primeiro passo é pensar nas atividades que você deseja realizar no local. Cada pessoa é única e tem suas preferências sobre os exercícios que acalmam a mente e o corpo. Portanto, faça uma reflexão aprofundada e identifique as práticas que costumam melhorar seu astral.

Depois, basta eleger a área adequada aos programas previstos e equipá-la com os recursos necessários. Veja em detalhes.

1. Reserve um lugar calmo

Pode ser difícil imaginar um ambiente perfeito para construir o espaço zen em casa, principalmente se você tem filhos pequenos e animais de estimação. Em todo caso, use a criatividade e identifique possíveis pontos que costumam ser mal aproveitados.

respirando, meditação, mulher zen em casa

Também ajuda imaginar os locais que fazem você se sentir bem: uma janela que recebe bastante luz natural, o cantinho mais verde do jardim ou aquele fim de corredor silencioso. O tamanho pouco importa, já que a intenção é encontrar uma área livre de distrações, como a televisão ou o agito da rua.

2. Crie um fundo neutro

É mais fácil harmonizar os cômodos se você partir de uma cartela neutra. Assim, se houver dúvidas para decorar o seu cantinho, comece escolhendo tons discretos, como branco, cinza-claro e marrom. Isso vai criar um fundo pouco chamativo e que aceita diferentes misturas de elementos.

espaço zen - escandinavo - minimalismo

Se o espaço zen ficar instalado fora de casa, pode contar apenas com os acabamentos dos materiais ali presentes, como madeira, cerâmica, concreto ou metal. De qualquer forma, é importante instalar algum tipo de cobertura para que fique protegido das intempéries. Vale desde uma estrutura pergolada (com fechamento) até uma tenda que possa ser recolhida.

Assim que conseguir a base, você já pode incluir pequenas informações de cores, texturas e estampas, sem medo de deixar a estética poluída. Por exemplo, um detalhe de parede em amarelo, uma rede vermelha ou floreiras com pintura brilhante.

3. Pense em aconchego

Não tem coisa melhor que chegar do trabalho e receber o “abraço” de um espaço zen em casa. Para que a sensação de acolhimento ocorra com maior intensidade, é crucial que você agregue conforto máximo. Os tecidos e superfícies macias ajudam bastante e podem surgir em várias peças.

relaxamento espaço zen em casa

Se você gosta de praticar exercícios no chão, providencie colchonetes, futons e almofadas para forrar o piso. Caso queira apenas espichar o corpo e ler um livro, a dica é buscar móveis ergonômicos e agradáveis ao toque — uma espreguiçadeira, uma poltrona, um pufe ou namoradeira. Nos dias mais frios, as mantas são bem-vindas para incrementar a decoração e proporcionar conforto térmico.

4. Desperte todos os sentidos

Embora boa parte das práticas tenham foco no tato, para perceber o ambiente e experimentar sensações agradáveis, você pode e deve aguçar os demais sentidos.

relaxamento

Se for um cantinho externo, por que não incrementar o paisagismo com flores e espécies frutíferas? Assim, você terá a companhia dos aromas naturais enquanto desenvolve seus exercícios de relaxamento. Incensos e velas aromáticas também servem para espalhar fragrâncias e entrar em um estado contemplativo.

Quanto ao paladar, que tal um intervalo entre as séries de autocuidado para degustar aquele chá ou o seu quitute favorito? Você pode até convidar a família para curtir um lanche nos momentos em que todos estiverem de folga.

Na parte da audição, nada supera os sons de natureza e as melodias inspiradas em fenômenos como a chuva e o movimento das marés. Muita gente gosta, inclusive, de reproduzir meditações guiadas para se concentrar no aqui e no agora.

A visão, por sua vez, deve ser presenteada com imagens que remetam a eventos, lembranças e figuras positivas. Isso vai depender da sua forma de ver as coisas e de viver a vida. Então, capriche na criação de um cenário que seja familiar e faça você se sentir à vontade.

5. Inclua objetos simbólicos

Quais mensagens você quer receber ao observar o ambiente? Que tipo de sentimento precisa ser despertado enquanto pratica suas atividades de relaxamento? Faça esses questionamentos para incrementar o lugar com peças relevantes.

Podem ser, dependendo do seu perfil, artigos religiosos, conjuntos de pedras e cristais, mandalas, filtros dos sonhos, lanternas, peças de artesanato, esculturas de elementais, plantas purificadoras, quadros com frases motivacionais, entre outros.

vaso feng shui

Vaso Feng Shui – com plantas de proteção e prosperidade

Outra possibilidade é incluir objetos que reforcem a importância de seguir seus sonhos e conquistar novas experiências. Um diário, guia de viagens, porta-retrato da família e até uma coleção de souvenires trazem essa lembrança.

E aí? Deu vontade de agilizar o planejamento para ter seu próprio espaço zen em casa? Esperamos que as dicas inspirem e orientem você na criação desse cantinho especial. Lembre-se de priorizar os recursos que refletem o seu estilo, crenças e valores, de modo a promover sensações positivas em cada prática.

Quer mais dicas para compor ambientes? Veja agora a nossa seleção de aplicativos para decorar diferentes espaços!

solicite orcamento moveis planejados personalizados

Para mais inspirações, confira nossas redes sociais e transforme o seu lar!

Olá, tudo bem? Gostaria de informações sobre a Finger.